terça-feira, 8 de janeiro de 2013

PAULO CÉSAR CARPEGIANI - PARTE 1

CAPEGIANI, O MAESTRO COLORADO, UM COLECIONADOR DE TÍTULOS ( A ERA DO INTERNACIONAL )


No bicampeonato gaúcho de 1970, Paulo César Carpegiani é o segundo, da direita para a esquerda, agachado.
No Internacional, do Robertão 1970, Carpegiani é o segundo, agachado, da esquerda para a direita .
Carpegiani encara Nelson num jogo do Internacional pelo Robertão 70.
Torneio do Povo de 1971, Paulo César contra Aladin.
No Internaciona,l tricampeão gaúcho de 1971, Carpegiani é o segundo, agachado, da esquerda para a direita .
América x Internacional no Beira Rio pelo campeonato nacional de 71.
Mazinho e Tovar se embolam pelo chão, enquanto Carpegiani vê o lance.
No Nacional de 1972, contra o Cruzeiro.
Gauchão 1972, Bráulio, Claudiomoro e Paulo César Carpegiani vibram.
Carpegiani e Claudiomiro no jogo que o Inter conquistou o Tetra.
Com osTetracampeões gaúchos de 1973 , novamennte Carpegiani, entre Claudiomiro e Volmir. 
Carpegiani no jogo do Inter contra o São Paulo.
Carpegiani e Moisés na batalha do Beira Rio. Vitória do Internacional.
Paulo César Carpegiani com a camisa do Internacional.

Carpegiani domina a bola, frente a Zé Carlos do Cruzeiro.
Darci Meneses encara Paulo César carpegiani.
No ataque pentacampeão gaúcho, Carpegiani entre Claudiomiro e Escurinho. 
Carpegiani e Claudiomiro diante do goleiro adversário, pelo gauchão.
Paulo César Carpegiani finalmente demonstra futebol digno de seleção.
Carpegiani e Leivinha pelo nacional de 1974.
Carpegiani, valorizado, reclama seus salários...
... e, afastado, treina com afinco.
O mestre do Hexacampeonato.
O famoso time Hexacampeão gaúcho; em pé, da esquerda para a direita, temos: Pontes, Manga, Cláudio , Figueiroa, Vacaria e Falcão. Agachados, na mesma ordem, Valdomiro, Escurinho, Sérgio Lima, Carpegiani e Lula.
Carpegiani, nos amistosos preparatório para a Copa de 1974.
Carpegiani num amistoso contra a seleção do Haiti.
Carpegiani domina a bola contra o Zaire.
Na seleção da Copa da Alemanha de 1974 , Carpegiani é o número 17.
Carpegiani fez um partidaço contra os Alemães orientais e o Brasil venceu.
Carpegiani chega diante do goleiro Croy, que faz a defesa.
Carpegiani domina a bola, observado por dois argentinos, pela Copa de 1974. 
Carpegiani, na barreira da seleção , no momento do gol de Brindisi.
Carpegiani observa a disputa de Torino e Falcão pelo Gre-Nal.
Confusão, muvuca, empurra empurra, assim era o Gre-Nal. Carpegiani meio.
 em disputa de bola, o juiz observa ao lado.
Na corrida, a elegância de Carpegiani.
O timaço do Internacional, que viria a ser o campeão brasileiro de 1975. Carpegiani está entre Flavio Minuano e Lula.
O Inter entra em campo, Carpegiani, Escurinho, Falcão.
Gol do Internacional, Flávio e Caçapava abraçam Carpegiani.
Semifinal do campeonato nacional de 1975. Carpegiani domina a bola diante dos olhares de Carlos Alberto Pintinho, Don Elias Figueiroa e Edinho.
Paulo César Carpegiani sela a vitória do Internacional.
Carpegiani vibra com o gol da classificação.
Carpegiani deixa Jerônimo no chão no gauchão 1976
Ele também participou do Octa.
Carpegiani,contra Jerônimo, pelo gauchão.
Paulo César e a sua companheira, a bola.

FONTE DOS TEXTOS

Professor : Eudo Robson

FONTE DAS IMAGENS

esportes.r7.com
marcelodieguez.com.br
terceirotempo.bol.uol.com.br
m.internacional.com.br
fanaticosporfutebol-ex.blogspot.com
totalfutebol14.tumblr.com
tardesdepacaembu.wordpress.com
cacellain.com.br
Revista Placar ( Editora Abril )
Revista Manchete ( Editora Bloch )