domingo, 4 de novembro de 2012

EDU DO AMÉRICA ( O IRMÃO DE ZICO )


EDU COIMBRA, O EDUZINHO DO AMÉRICA -RJ

Jeremias e o atacante edu, fazem pose antes da partida.
Edu e seu Irmão Antunes num jogo contra o Botafogo.
Edu fazendo propaganda do futebol de botão.
Futebol em em família no América, diz o destaque da revista do Esporte.
Edu em início de carreira e seu irmão Antunes , já em fim de carreira.
Destaques do América na década de 60. Da esquerda para direita estão, Antunes (seu irmão) e Edu.
Edu , é destaque na capa de revista do Esporte.
É gol de América, gol de Edu, o craque começa a se destacar.
1967 - Edu chega a Seleção Brasileira, aqui junto com Tostão.
1968- Na linha de ataque Edu está no centro, a sua direita está Almir Pernanbuquinho, em fim de carreira,e, a sua esquerda está Tadeu Ricci.
Edu, agachado atrás da bola, formando o ataque do América.
Mais uma vez, capa da Revista do Esporte.
Edu arremata de fora da área em mais um ataque americano.
 Edu dentro do vestiário amarrando a chuteira.
            Edu e seus companheiros sentados a beira do gramado durante  um treino.

Pelé e Edu ante de uma partida pelo Rio- São Paulo.
1969 - Edu já é destaque absoluto do América, sendo sua maior atração.
Edu é destaque na capa da Revista do Esporte.
Edu marca de penalti um gol contra o Flamengo, pelo campeonato carioca.
 Nesta foto do América , Tadeu Ricci e Edu juntos atrás dos dois garotos.
No elenco de 1970 , Edu é o terceiro sentado, da esquerda para direita.
o time do América do Rio de janeiro em 1970, edu está atrás dos doi garotos galegos. Se destacam também Alex, Marreco, ZéCarlos, Tarciso e Jeremias.
Neste ano, Edu está agachado entre as crianças. O time enfraqueceu.
Eduzinho flagrado num treino.
Eduzinho o craque solitário do América. do RJ.
Craque incontestável que jogou de 1966 a 1981, tendo maior destaque entre 1969 e 1875. Foi na memória da torcida, o maior jogador do Améria do Rio de Janeiro.
Edu é poster central da revista Placar.
Mas Edu , assim como Dirceu Lopes e Ademir da guia, pertenceu a uma geração de craques como Pelé, Tostão, Jairzinho, Gérson, Rivelino entre outros. ficou difícil competir com tantos craques.
Olhos abertos olhando a bola, atento.
O melhor exemplo ocorreu em 1970 quando foi deixado de fora da copa do mundo do México, quando jogaria facilmente em qualquer seleção do mundo naquela época.
Edu aprimorando sua forma física.
   Além de ser irmão Antunes, um craque, teve no mais novo de seus irmãos, simplesmente ZICO, um dos maiores jogadores do mundo. 
O alegre Edu , está entre os melhores jogadores de 1970.
Assim ficou em segundo plano, mas o que não deixou , foi de brilhar com um futebol, de toques rápidos, veloz e bastante técnico.
Edu demonstra seu cansaço durante o jogo.
!971 - Edu a estrela solitária do América. 
    Edu em pé.É o primeiro da direita para a esquerda ao lado do goleiro. 
A simplicidade do craque.
Gol de Edu pelo Campeonato Nacional de 1971.
Edu entre Antônio Carlos e Tarciso no ataque do America de 1971.
Edu, pensativo sobre o futuro do América.
1972 - O novo ataque do América, agachados da esquerda para direita, Antônio Carlos, Taquito, Sérgio Lima, Edu e Tadeu Ricci. Observe os dois meninos  loirinhos, estão na foto de 1970.

Edu na capa da Revista Placar de 1972.
Zé Mário persegue Edu, no jogo Flamengo x América ...
...pela taça Guanabara de 1972
Edu aparece no início de 1973, mas não jogaria pelo América. Porém aqui, já aparecem os jogadores que formariam a base do time de 1974. Flecha Tadeu, Ivo e Álvaro.
1973 - Edu sua filha e sua esposa, um homem de família.
Edu reclama a falta, a defesa do Bonsucesso também. Antônio Carlos (7), observa. Partida do campeonato Carioca de 1973.
O novo ônibus do América, os reforços gaúchos e Edu na 2ª janela, da esquerda para a direita.
Eduzinho apesar do prestígio abalado, treina com afinco.
 1973- Flecha chega ao América, mas Edu já não era unanimidade.
Sérgio Lima e Osmar disputam a bbola no ar, Edu e Brito esperam o resultado da disputa. Era o campeonato Nacional de 1974.
O Time da decisão da taça Guanabara de 1974. Em pé, da esquerda    para a direita: Orlando Lelé, Geraldo, Rogério. Alex, Ivo e Álvaro. Agachados: Flecha, Bráulio, Luizinho Lemos, Edu e Gilson Nunes.
Gilson Nunes vibra, Edu vibra é gol do América, líder do campeonato.
 
O timaço doAmérica de 1974, com os mesmo jogadores do time acima.
Edu e Luizinho Tombo dominam a bola enquanto ...
... Gérson e Cléber correm atrás. O zagueiro chega junto.
Edu, recebe de Zico a faixa de ...
...campeão da taça Guanabara de 1974.
1974- Edu domina a bola ,num jogo contra o Flamengo...
dá um belíssimo passe de calcanhar
1974 - Geraldo e Bráulio olham o domínio de bola de Eduzinho...
.. quando chega  zagueiro Luiz Carlos Gualter chega no combate,
Em 1975, Edu tentou sucesso no Vasco,mas não foi bem.
Edu contra Osmar é observado por Ademir.
Edu seus filhos e o irmão famoso, Zico.
Edu, a nova contratação do Colorado.
Edu e sua estréia pelo colorado.
Eduzinho dá uma bicicleta diante do zagueiro do Curitiba.
1977 - Edu jogando pelo Colorado (que era a 3ª força do Paraná). Clube 
que depois se uniu ao Pinheiros e formou o time do Paraná Futebol Clube.
Em 1981 se despedindo dos gramados, jogando pelo Campo Grande do Rio de Janeiro. Ela é o segundo da direita para esquerda, está agachado, o primeiro é outro grande jogador , Luiz Carlos. 
Edu recém contratado pelo América como técnico.
Edu como técnico do América.
Eduzindo chegou ao comando da seleção brasileira em 1984.

Um grande jogador, de uma grande família de craques.





FONTES DOS TEXTOS
Professor Eudo Robson

FONTES DAS IMAGENS
Revista Placar ( Editora Abril )
Revista do Esporte
Filme ZICO
 livro "Vai dar Zebra", de José Rezende Raymundo Quadros
Reportagem do globo esporte de 1982.




Nenhum comentário:

Postar um comentário